ANÚNCIO DA POSSÍVEL DESATIVAÇÃO DO HOSPITAL DE ANGICOS VAI DESENCADEAR UMA SEQUÊNCIA DE MANIFESTAÇÕES

521

O anúncio da desativação de 7 Hospitais Regionais espalhados pelo Rio Grande do Norte, vai desencadear uma série de manifestações na cidade de Angicos. A decisão foi deliberada na noite de ontem (12) no plenário da Câmara de Vereadores, durante reunião com uma cúpula de autoridades locais. Toda Região Central deve se mobilizar em prol do mantimento do Hospital Regional.

O governador Robinson Faria até tentou remendar a lambança, emitindo nota na manhã desta quarta-feira, afirmando que o TAC tem como objetivo realizar estudos para redefinição do perfil das unidades, que incluem os hospitais regionais de Apodi, Angicos, Caraúbas e outros quatro cidades.

O conteúdo do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo governador prevê a “conversão de hospitais que não apresentam condições estruturais de atendimento pleno para Unidades de Pronto-atendimento, UBS – Unidade Básica de Saúde, Sala de Estabilização”.

O texto é ainda mais incisivo no item 3.3 do TAC que determina a elaboração de um “cronograma de desativação dos hospitais definidos no plano de revisão citado na cláusula anterior, em prazo não superior a 120 (cento e vinte) dias, ou transferência da estrutura física das unidades desativadas para entes municipais.

As cidades ameaçadas pelas mudanças previstas no TAC tem se mobilizado desde que o conteúdo do documento se tornou público.

A saúde no Estado já está na UTI, com essa atitude, vai acabar de sepulta-la.