“GOVERNADOR DA SEGURANÇA”: RN já tem 500 pessoas assassinadas em 2017

1136

Segundo dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), o Rio Grande do Norte chega nesta quarta-feira (15) a 500 pessoas assassinadas somente em 2017.

A locomotiva da morte do RN chega adiantando sua ceifa fatal em 2017: em 15 de março já foram 500 vidas interrompidas pela ação letal intencional do ser humano contra outro ser humano.
Outras 500 vítimas:

– Em 2014 esse número de vítimas só foi atingido em 16 de abril;

– Em 2015 o RN chegou a 500 vítimas em 19 de abril, atrasando a locomotiva em 3 dias;

– Em 2016 a locomotiva da morte recuperou a velocidade e ficou mais veloz, chegando às 500 vítimas em 6 de abril;

Os insucessos das ações de segurança pública do estado continuam acelerando a locomotiva e levando o RN a manter uma letalidade alta. A insegurança pública protagonizada por pessoas de condutas desviantes, não se intimida nem diante de agentes de segurança pública, que sofrem com a morte em suas fileiras e a impotência de seu efetivo.

Fica o lamento pelas vidas interrompidas antes do tempo, não importando quem morreu, pois, a dor da perda não se restringe ao tempo e nem às desculpas da gestão de segurança pública.

Essa dor permanece nos corações dos familiares que ficam. Fica também na mente da população potiguar que assiste atônita, pela janela da locomotiva sem freio da insegurança, as mortes cada vez mais próximas de suas casas.