Governo reverteu com R$ 1,7 bilhão votos contra Temer

193
Presidente Michel Temer durante pronunciamento sobre as denúncias do Procurador-Geral, Rodrigo Janot.Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Nas duas semanas que antecederam a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão e Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), a liberação de verba para emendas parlamentares sofreu um espantoso aumento, de acordo com levantamento do deputado Alessandro Molon (Rede-RJ). Os números apontam que R$ 1,7 bilhão teria sido empenhado nos últimos 14 dias.

O levantamento mostra que, em maio, os empenhos somaram R$ 76,7 milhões. Já em junho, R$ 1,5 bilhão; chegando a R$ 1,7 bilhão nos primeiros dias de julho. A votação na CCJ aconteceu dias depois.