Correios vão operar na área de telefonia móvel

A partir de fevereiro, os Correios vão começar a operar na área de telefonia móvel. O lançamento do projeto Correios Celular, em fase piloto, será feito em São Paulo. A ideia é que o projeto seja implantado gradualmente em Belo Horizonte e depois em Brasília. A meta da empresa é alcançar todos os estados do país até o fim de 2017.

No primeiro ano de operação, a empresa vai oferecer somente planos pré-pagos, chips e recargas, mas estuda a viabilidade da oferta de planos pós-pagos a partir de 2018.

Segundo os Correios, o objetivo é atender a clientes que estejam em busca de “serviços simples, práticos e prestados com transparência”. A empresa informou que vai oferecer pacotes que estarão entre os mais baratos do mercado e aposta no diferencial de já ter uma ampla rede de atendimento.

Avião que transportava Teori não tinha caixa-preta, diz FAB

O avião que transportava o ministro Teori Zavascki e que caiu na tarde desta quinta-feira perto de Paraty (RJ) não tinha caixa preta, nem era obrigado a tê-la.

A informação foi dada a VEJA pela assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave que caiu no mar nas proximidades da Ilha Rasa era do modelo King Air C90GT, da Hawker Beechcraft, fabricada em 2006. Trata-se de um turbo-hélice bimotor com capacidade para oito pessoas, sendo sete passageiros.

MILAGRE DE 627 ANOS NÃO SE REPETE E PRENUNCIA CATÁSTROFE PARA 2017

Muitos consideram que 2016 foi um ano ruim, mas 2017 se anuncia como um ano pior. Ao menos para os católicos que acreditam no milagre de São Januário. Desde 1389, o sangue seco do santo armazenado numa relíquia se liquefaz em três datas anuais, sendo uma delas o dia 16 de dezembro. Porém, na cerimônia da última sexta-feira, o milagre não aconteceu.

De acordo com a tradição, o fato de a liquefação não acontecer prenuncia um grande desastre. Foram poucas as vezes que isso aconteceu ao longo dos últimos 627 anos. Numa delas, em 1527, dezenas de milhares de pessoas morreram pela praga; em anos mais recentes, em 1939, começou a Segunda Guerra Mundial.

— Nós não devemos pensar em desastres e calamidades — afirmou o monsenhor Vincenzo De Gregorio, abade da Capela Real do Tesouro de São Januário em Nápoles, na Itália, ao jornal italiano “La Stampa”. — Nós somos homens de fé e devemos continuar rezando.

Anualmente, o milagre da liquefação acontece no sábado anterior ao primeiro domingo de maio, em homenagem à Virgem Maria; no dia 19 de setembro, dia de São Januário; e no dia 16 de setembro, em referência à erupção do Monte Vesúvio de 1631, que teria sido contido após uma estátua do santo ser exposta para o vulcão.

Segundo a tradição católica, São Januário foi bispo da arquidiocese de Benevento que se opôs à perseguição romana e acabou condenado à morte em 305 por decapitação. Seu corpo e sua cabeça foram recolhidos por um senhor de idade, e levados para um local seguro, onde uma mulher encheu um frasco com seu sangue, que seria o que está guardado até hoje na relíquia.

O GLOBO

Filho de Teori relatou ameaças: ‘Se algo acontecer à minha família, sabem onde procurar’

Filho do ministro do STF Teori Zavascki, Francisco Zavascki postou, em maio de 2016, sobre supostas ameaças que seu pai e sua família estariam sofrendo. Teori é relator da Operação Lava Jato no Supremo e estava a bordo do avião de pequeno porte que caiu em Paraty nesta quinta-feira.

“É óbvio que há movimentos dos mais variados tipos para frear a Lava Jato. Penso que é até infantil que não há, isto é, que criminosos do pior tipo (conforme MPF afirma) simplesmente resolveram se submeter à lei! Acredito que a Lei e as instituições vão vencer. Porém, alerto: se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar…! Fica o recado!”, escreveu Francisco em seu Facebook.

À época, Teori chegou a comentar com alguns veículos sobre a postagem do filho e confirmou a existência de ameaças. “Não tenho recebido nada sério”, disse o ministro à “EBC”. Ao EXTRA, Francisco confirmou, nesta quinta-feira, a autoria de sua postagem feita há quase oito meses. “Ainda está no ar”, declarou o filho do ministro do STF.

Antes, Francisco já confirmara que o pai estava no avião que caiu em Paraty, na Costa Verde do Rio, na tarde desta quinta-feira. Ele contou que a família ainda não tem maiores informações e que “espera por um milagre”.

– Estamos reunidos na casa da minha irmã, em Porto Alegre, esperando notícias. Meu pai estava de férias passeando, mas não sei quem estava com ele. Estamos esperando um milagre – disse Francisco.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o avião PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90 decolou por volta das 13h do Campo de Marte, em São Paulo. Segundo a Infraero, a aeronave tem capacidade para oito pessoas. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), quatro pessoas estavam a bordo.

Procurado pelo EXTRA, o Hotel Emiliano, proprietário do avião, afirmou que não tem informações sobre o acidente ou a lista de passageiros. No Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), o expediente já havia sido encerrado e ninguém foi encontrado para falar sobre o acidente. A Infraero informou que as informações seriam passadas somente pelo Hotel Emiliano.

Em nota, o Comando do 1º Distrito Naval da Marinha informa que recebeu a informação da queda do avião às 13h45 desta quinta-feira e que a Agência da Capitania dos Portos em Paraty (AgParaty) enviou ao local do acidente uma equipe para prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave. Ainda de acordo com a Marinha, 50 militares e três embarcações estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros.

 

Avião pequeno cai no mar em Paraty; Ministro Teori Zavascki estaria na lista de passageiros

Acidente foi registrado próximo à Ilha Rasa, dizem bombeiros.Ministro Teori Zavascki estaria na lista de passageiros.

Um avião caiu na tarde desta quinta-feira (19) no mar de  Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente foi próximo à Ilha Rasa. Segundo o Corpo de Bombeiros, há três mortos, mas ainda não foram divulgados os nomes das vítimas. O nome do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki estaria na lista de passageiros da aeronave, mas não foi confirmado se ele embarcou.

O aeroporto do litoral informou que o avião saiu de São Paulo (SP) e caiu a 2 km de distância da cabeceira da pista. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), quatro pessoas estavam a bordo. Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas.

Por volta de 14h50, a Polícia Militar havia disponibilizado uma lancha para auxiliar nas buscas. A Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros também trabalhavam no resgate.

Segundo moradores da região, no momento do acidente chovia forte em Paraty. “Eu não vi o momento do acidente só senti um cheiro muito forte de combustível. De onde estou, consigo ver o resgate. Tem uma pessoa tentando sair da aeronave que parece ser de pequeno porte”, contou Rosália Ramos Lima, proprietária de uma pousada e restaurante da ilha.

A aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo (SP) com destino a Paraty. A aeronave é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.

O dono e operador da aeronave é o hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac. O G1 procurou a assessoria de imprensa do grupo Emiliano Empreendimentos e eles não tinham informações sobre o acidente.

Às 15h50, uma equipe do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) estava se dirigindo ao local para apurar as causas do acidente.

Governador diz que PM vai entrar em Alcaçuz e fazer ‘paredão humano’

Inauguração do Seduc Pitimbu pelo governador Robinson Faria. Robinson Faria, Governador do RN

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), anunciou na tarde desta quinta-feira (19) que policiais militares entrarão na Penitenciária de Alcaçuz para separar as duas facções que se enfrentam no local. Segundo ele, os policiais formarão um “paredão humano”.

A intenção, diz o governador, é “permitir a construção de uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”. Os policiais farão “corrente humana”, disse.

A seguir, trechos da entrevista:

Evitar matança
“A curto prazo agora é evitar uma nova briga, uma nova matança entre eles. Por isso nós vamos entrar daqui a pouquinho, a operação vai começar já já. Em um segundo momento vamos transferir os presos das facções para presídios separadamente.”

Desafio
“O Sindicato desafiou o governo, assim coimo o PCC também me desafiou, a minha integridade, se eu tirasse presos da Alcaçuz”.

Negociação?
“Não houve negociação. Até porque ontem eu estava em Brasília, cheguei aqui ontem no final da tarde. Tanto é que o PCC me ameaçou, disse que ia tocar fogo em Natal. A mesma coisa o sindicato. Ou seja, se tivesse tido negociação Natal não estava sendo agora incendiada.”

‘Evitar Carandiru 2’
“Naquela ocasião era noite. Eles estavam armados, nós escutamos vários tiros. Se eu ordenasse que a polícia entrasse em Alcaçuz, podia ser um Carandiru 2 […] A polícia ia entrar, encontrar presos armados, violentos, e iria ter uma matança muito grande, tanto de policiais quanto de apenados. Eu não posso autorizar a polícia a entrar se ela não se sentir segura para entrar.”

‘Guerra acabará já já’
“Essa guerra que está sendo agora, que vamos acabar já já, é de armas de pedaço de ferro, de pedaço de cano, do que foi destruído. Não foi negligência, não houve negociação, e não vai haver negociação porque o governador não autoriza negociação com quem quer que seja, nem com PCC, nem com Sindicato do RN.“

Destruíram o presídio
“A polícia entrou, recolheu o que pode recolher, recolheu armas, agora, eles destruíram o presídio. Terá que ser feita toda uma nova reconstrução.”

Por que a polícia não impediu rebelião?
“Nós entramos duas vezes, eu só proibi entrar no sábado à noite porque seria um Carandiru 2. Mas agora não há mais cela. Nós vamos entrar para evitar uma mortandade, essa vingança do sindicato do RN contra o PCC.”

Há risco?
“É claro que existe risco, mas é dentro da lei. A lei faculta o direito de a PM intervir em caso de extremos.”

Ordem: retomar o presídio
“A ordem é retomar a ordem do presídio, fazer uma corrente humana dentro, de policiais, separando eles, para acabar com essa folga de ficarem perambulando, e amanhã se inicia a construção de um paredão, de placas de concreto, para separar até você ter toda a remoção, no estado inteiro, de quem é PCC e quem é sindicato do crime.”

Polícia demorou?
O governador admitiu que achou que a entrada da PM levou muito tempo, mas afirmou que a polícia informou que estava se preparando, e que não poderia ordenar a entrada dos policiais sem que eles estivessem preparados. O governador afirmou que os policias vão permanecer dentro de Alcaçuz para evitar novos confrontos.

Sem negociação
“Não vou negociar. Vamos enfrentar. Não vou fazer nada fora da lei, mas vamos enfrentar, como enfrentamos agora e em todas as rebeliões que já aconteceram.”

Presos desafiam o estado
“É muito difícil, mas temos que ter coragem e enfrentar. Já pedi ao presidente Temer que envie as Forças Armadas para proteger as ruas, a população (…). Eles estão [as facções] desafiando o estado. Cada vez estão mais aparelhados, e fica mais difícil, e o estado vai ficando menor.”

Bloqueadores de celular estão desligados?
Sim. “Desde sábado que eles [presos] conseguiram ter acesso ao setor de operações da empresa que instalou o bloqueador de celular, uma máquina blindada, mas isso será corrigido. Eles estão tão aparelhados que conseguiram ter acesso à central onde ficava o bloqueador.”

Criminosos querem intimidar
“Eles querem intimidar [com os ataques pela cidade], fazer medo ao governo, para ver se o governo recua e negocia.”

Intenção: desativar ou reconstruir Alcaçuz
“Esse presídio foi feito já há mais de 20 anos. Foi um equívoco a escolha do local, uma área de duna, arenosa. Temos que depois discutir com o departamento do engenharia, desocupar Alcaçuz, fazer uma realocação, ou interditar de vez ou fazer uma reconstrução para tornar o presídio altamente blindado, seguro.”

DETENTOS DIVULGAM VÍDEO COM FERIDOS EM ALCAÇUZ E PEDEM SOCORRO

PREFEITURA DE ACARI IRÁ RECADASTRAR SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS EM ATIVIDADE

DECRETO Nº. 001, DE 18 DE JANEIRO DE 2017.

Institui o Recadastramento dos servidores pertencentes ao Regime Jurídico Único do Município e em atividade, no âmbito da Administração Direta, Autarquias e Fundações e dá providências correlatas.

O PREFEITO MUNICIPAL DE ACARI/RN, no uso de atribuições que lhe confere o art. 72, VII e IX, da Lei Orgânica Municipal e considerando a necessidade de atualização dos dados cadastrais de servidores públicos,

DECRETA:

Artigo 1º – Fica instituído o Recadastramento de servidores públicos em atividade, no âmbito da Administração Direta, das Autarquias, inclusive as de Regime Especial, e das Fundações instituídas ou mantidas pelo Município.

Artigo 2º – Os servidores e empregados públicos em atividade deverão se recadastrar no período compreendido entre os dias 23 a 27 de janeiro de 2017 com a finalidade de promover a atualização de seus dados cadastrais.

§ 1º – O disposto no “caput” deste artigo aplica-se também aos servidores, empregados públicos afastados e licenciados.

§ 2º – No caso de servidores, empregados públicos que cumulem cargo, emprego ou função públicos, o recadastramento deverá ser procedido em cada um dos vínculos.

§ 3º – No tocante aos Cargos comissionados ad nutum, aos servidores efetivos ocupantes de cargo comissionado ou que percebem função gratificada e os contratados por tempo determinado, estes ficarão obrigados a preencherem uma declaração de nepotismo visando a Administração Pública inibir a formação de nepotismo em seus quadros.

§ 4º- Por ocasião deste Recadastramento todos os servidores deverão preencher formulário onde declarará se possui ou não, acumulação remunerada de cargo, função ou emprego público no âmbito da Administração pública Federal, estadual ou municipal, conforme artigo 37, inciso XVI da Constituição Federal.

Artigo 3º – O recadastramento de que trata este Decreto deverá ser feito nos prédios das respectivas Secretarias Municiais de lotação originária do servidor.

Parágrafo único – O recadastramento de que trata o “caput” deste artigo deverá ser validado pelo Setor de Recursos Humanos da Administração Direta, das Autarquias, e das Fundações instituídas ou mantidas pelo Município se for o caso.

Artigo 4º – A Secretaria Municipal de Administração, Tributação e Finanças de Acari fica incumbida de coordenar, controlar e acompanhar diariamente o recadastramento de que trata este decreto.

Artigo 5º – Os servidores públicos que não se recadastrarem no período especificado, terão suspensos seus vencimentos ou salários a partir de 01 de fevereiro de 2017.

Parágrafo único – O pagamento de vencimentos ou salários suspensos será restabelecido quando da regularização do recadastramento de que trata este decreto.

Artigo 6º – Responderá penal e administrativamente os servidores que, no recadastramento, deliberadamente prestarem informações incorretas ou incompletas.

Artigo 7º – Ficam aprovados os modelos dos formulários do recadastramento, da Declaração de Antinepotismo, esta apenas para os nominados no parágrafo 3º do artigo 2º deste Decreto, e da Declaração de Acúmulo de Cargos, constante nos Anexos I, II e III, os quais devem ser preenchidos por cada um dos servidores.

Artigo 8º – Por ocasião do Recadastramento, os servidores deverão anexar todos os documentos relativos à sua vida funcional, tais como RG, CPF, PIS/PASEPE, Título de Eleitor, Comprovante de Residência, Carteira de Trabalho, Certidão de nascimento dos dependentes, cópia do cartão bancário, Declaração de acúmulo de cargos.

Artigo 9º – Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Gabinete do Prefeito Municipal, Acari/RN, 18 de janeiro de 2017.

_________________________________
ISAIAS DE MEDEIROS CABRAL
Prefeito Municipal

Presos de Alcaçuz entram em batalha campal; há feridos

Presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte, entraram em batalha campal na manhã desta quinta-feira (19). Após subirem em telhados dos pavilhões, membros de duas facções partiram para o confronto. Pedras, barras de ferro e vigas de madeira são arremeçadas de um lado a outro. Há informação de feridos. A Polícia Militar está na área externa da unidade. Do auto das guaritas, policiais fazem disparos na tentativa de conter a confusão.

O repórter Ítalo Di Lucena, da Inter TV Cabugi, está na área externa de Alcaçuz. Ele informa que há fumaça na parte interna, barulhos de tiros e de quebra-quebra no local. Por volta das 10h o helicóptero Potiguar I chegou ao local para auxiliar na operação.

Na quarta-feira (18), 220 detentos da facção criminosa Sindicato do RN foram retirados de  Alcaçuz, para evitar o confronto com membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) estão no presído. Ainda há, entretanto, membros do Sindicato no local.

PM prende dois acusados de atearem fogo na delegacia de Jardim do Seridó

Estão presos em Jardim do Seridó um menor de 17 anos de idade, e uma mulher identificada como Maria Ronaide Araújo Santos, de 20 anos, residente no Bairro Baixa da Beleza. Contra os dois está a acusação de terem ateado fogo contra a Delegacia de Polícia na noite desta quarta-feira (18). Policiais militares da cidade agiram rápido, e em pouco tempo prenderam a dupla.

Apesar de na delegacia ambos negarem a autoria, policiais encontraram nos celulares dos dois várias conversas, entre eles e outras pessoas, planejando o atentado contra o patrimônio público.

A Polícia Militar acredita que a dupla não agiu sozinha, e está em busca dos que lhe deram apoio na ação criminosa. O material inflável foi apreendido na residência da Maria, que é esposa de um apenado do Pereirão. Para a polícia, a autorização da ação pode ter vindo do próprio presídio.

Do Blog de Marcos Dantas