PT abraça proposta de Dilma e reedita campanha Diretas Já

578
Ricardo Stuckert/Instituto Lula – 2.9.16

Reunião na sede do Partido dos Trabalhadores em SP resultou em documento com proposta de atuação pós-impeachment

A cúpula do Partido dos Trabalhadores se reuniu nesta sexta-feira (2) na sede do partido em São Paulo e divulgou uma resolução na qual defende a realização de eleições diretas “imediatamente”, reeditando assim a campanha lançada Diretas Já, movimento que marcou a ascenção do partido na década de 1980.

A proposta de convocar novas eleições presidenciais era defendida pela agora ex-presidente Dilma Rousseff, mas até o momento não agradava a cúpula petista. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, chegou a gerar um mal-estar com Dilma ao dizer que achava a ideia “inviável”.

No documento divulgado nesta sexta-feira, a direção do partido alega que o momento do País é outro após a confirmação do impeachment de Dilma e que é necessária a realização de novas eleições para a “recuperação da legalidade e restabelecimento da democracia”.

Fonte: Último Segundo – iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2016-09-02/pt-diretas-michel-temer-golpe-impeachment.html